Pular navegação
EnglishEspañolPortuguês

Concurso de Inovação - Participantes selecionados para a segunda fase

Concurso de Inovação - Participantes selecionados para a segunda fase

Dra. Betzabeth Slater Villar. Nutricionista, graduada pela Universidade Nacional Mayor de San Marcos (1986), Mestre em Nutrição Humana Aplicada pela Universidade de São Paulo (1996) e Doutora em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (2001). Atualmente é Professora Doutora da Universidade de São Paulo. Experiência na área de Nutrição, com ênfase em Epidemiologia Nutricional, atuando principalmente nos seguintes temas: Métodos quantitativos e qualitativos para avaliação do consumo alimentar de adolescentes e adultos e Recomendações nutricionais DRIs. É Editora associada da Revista Brasileira de Epidemiologia e atua como parecerista em outras revistas indexadas.

Submissão do projeto: Sistema de monitoramento da saúde e alimentação - nutrição do escolar– NUTRISIM”: Adaptação do Recordatório de 24h para a região Nordeste do Brasil.

Dr. Diego Palacio Betancourt foi ministro da Proteção Social da Colômbia entre fevereiro de 2003 a agosto de 2010. É médico com mestrado em Economia e especialização em direito econômico, gestão de mercado e administração de recursos humanos. Como ministro gerenciou o sistema de proteção social que compreendia 17 entidades que, em conjunto, administravam um orçamento anual de 30 bilhões de pesos. Durante sua gestão, o número de colombianos com seguro de saúde passou de 23 milhões para 43 milhões em 2010 (96% de segurados) e foram realizadas importantes restruturações no Instituto de Segurança Social e em mais de 220 hospitais públicos. 

Submissão do projeto: Sistema eletrônico para a gestão de risco on-line para a gestão de redes integradas de serviços de saúde.

Dr. Camilo Barrera Valencia, médico graduado pela Universidad de Caldas em Manizales, Colômbia. Mestrando em  Administração em Saúde na Universidad CES. Atualmente é diretor do programa de Telesaúde da Universidad de Caldas. Foi coordenador da implementação da rede pública de telemedicina em grande parte da Colômbia e responsável pela gestão e direção do programa de capacitação virtual nacional para os professionais de saúde. Atualmente lidera o projeto de pesquisa “Telepsiquiatría en cárceles”. Tem participado como conferencista em diferentes eventos regionais.

 Submissão do projeto: AIEPI "Para todos."

Prof. Dr. Luís Bartolomé Lecha Estela.  nasceu em La Esperanza, Villa Clara, Cuba. Formado em Meteorologia em 1973,  trabalhou por 25 anos no Serviço Meteorológico de Cuba. Defendeu seu doutorado em Geografia na antiga URSS. Foi eleito orador de clima e turismo na Organização Mundial de Meteorologia (OMM no período de 1993 a 2001. Foi diretor da Agência de Meio Ambiente da Villa Clara de 1998 a 2000. Foi diretor do CESAM de Villa Clara no período de 2001 a 2006, onde ainda trabalha como pesquisador. É professor da Universidad Central de Las Villas e membro da Sociedade Internacional de Biometereologia desde 1996.

Submissão do projeto: Serviço regional de prognósticos biometeorológicos para a prevenção dos efeitos do estado do tempo sobre a saúde humana. 

Lady Virginia Murrugarra Velarde. Mais de 20 anos de experiência, coordena estratégias de Telesaúde no nível nacional, líder e coordenadora de projetos, consultora, especialista em tecnologias da informação e comunicação para a sociedade e como autora de numerosas publicações sobre as TICs, Membro da Sociedade Global de Conhecimento (WSA) SUÍÇA/TUNEZ. Continua dando palestras nacionais e internacionais, e realizando cursos em: 

aspectos éticos e regulatório de pesquisa clínica, NIH/NAMRU-6. oferecido pela Telesalud dirigido por la  Facultad de Medicina de la Universidad Federal de Minas Gerais, Brasil y por la Organización Panamericana de Salud (PAHO); Educación y Comunicación en Informática en Salud, UPCH / University of Washington - USA (Programa Integrado Diplomado-Maestría en Informática Biomédica 2013); IDSA: Antiviral Therapy Effectiveness and Resistence, USA; Taller sobre escritura de proyectos en eSalud y mSalud, NICARAGUA; e-Health, Faculty of Health, University of Plymouth- UK; 4th APEC Future Education Forum, Corea del  Sur; Diplomado : Internet Governance Capacity Building Programme, Academy of Diplomatic Studies in MALTA; Avances en Salud Pública y Genómica, "AMAUTA" Health Informatics Research and Training Program: Sponsored by University of Washington Fogary Foundation; Ingenieria de Software desde UML hasta JAVA:  Universite D'Orleans – FRANCIA; Género y TICs, MALASIA; Intensive Training on the management and quality  control of institutional  reference collections for clinical and biomedical research, BELGICA, BRUSELLAS; Taller de Altas Tecnologias , SUIZA; First  Virtual Congress on Technological Innovation for Public Health, Epidemiological Intelligence and Global Surveillance, PANAMA.

Submissão do projeto: e – Learning: Educação na prevenção de HIV/AIDS e DST na região Andina e no Caribe.

Dra. Nilcema Figueiredo é Dentista - Sanitarista, Mestre e Doutora em Odontologia e Saúde Coletiva (FOP/UPE). Atualmente é Professora Adjunta do Departamento de Medicina Social (DMS) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), teve experiência em gestão em saúde, como coordenadora política de saúde bucal em Moreno/PE (2000-2002) e Recife/PE (2001-2008), além de assessorarias junto ao Ministério da Saúde/BR. Como produções técnica e científica em saúde coletiva, destacam-se os temas: Política, planejamento e gestão, com ênfase na Avaliação de Serviços de saúde, Atenção Secundária em Saúde Bucal (Centros de Especialidades Odontológicas e Serviços Odontológicos de Urgência), Vigilância em Saúde Bucal, entre outros.

Submissão do projeto: Portal Eletrônico para Avaliação e Monitoramento dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO): uma ferramenta webased de planejamento e gestão da atenção secundária em saúde bucal no Brasil

Gustavo Adolfo Campillo Orozco é atualmente presidente da Fundación Red de Apoyo Social de Antioquia (RASA) e da Mesa Nacional de Cáncer (Colômbia). Em 2006, participou com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) da elaboração de guias sobre HIV/AIDS para a região da América Latina e do Caribe, em Santo Domingo (República Dominicana). Entre 2008 e 2011, esteve envolvido com a elaboração do Plano Nacional de Combate ao HIV e AIDS na Colômbia. Foi membro de vários comitês e participou em numerosas conferências de saúde pública e sobre AIDS.

Submissão do projeto: SiaMisDerechos.org, uma Plataforma Integral para a Melhoria da Capacidade de Resposta das ONGs e das OBCs para a Promoção e Defesa dos Direitos à Saúde

El Dr. José Norman Salazar González é graduado em Medicina pela Universidad de Caldas e graduado em direito pela Universidad de Manizales (Colômbia). Atualmente é presidente do Tribunal de Ética do Grupo Empresarial COOMEVA, trabalha no Tribunal Contenciosos Administrativos de Caldas e é presidente do Comitê de Ética em Pesquisas Clínicas da Fundação “Cardiomet Eje Cafetero”. Além disso, o Dr. Salazar González é consultor jurídico em direito médico e tem experiência em docência em várias instituições acadêmicas.

Submissão do projeto: ?Direito à saúde, um esforço de todos para disseminar, através da rádio aberta e das TICs, o direito dos cidadãos à saúde?

Dr. José Suarez é médico formado pela Universidad Central del Ecuador (1973), com mestrado em Saúde Pública e doutorado em Epidemiologia pela University of Minnesota. (1979 e 1984 respectivamente). Dra. Dolores Lopez é antropóloga pela  Universidad Católica del Ecuador (1994), bacharel em Artes pela The Evergreen State College (1994),  mestre em Ciências Sociais pela Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales (1996) e doutoranda em Estudos Culturais Latino-americanos na Universidad Andina Simón Bolívar (desde 2009). Dr. Suarez and Dra., Lopez são fundadores da “Fundación Cimas del Ecuador” que tem desenvolvido programas acadêmicos acreditados por universidades norte-americanas e programas sociais e projetos de pesquisa de apoio ao planejamento participativo de comunidades e governos locais, entre os quais se destaca o Sistema Georreferenciado de Informação Comunitário.

Submissão do projeto: Sistema de Informação Local Georeferenciado: instrumento de focalização de grupos prioritários, monitoramento e avaliação de intervenções, redução de inequidades e melhoria da saúde coletiva.

Dra. Mone Martins Seixa. Médica Veterinária (2009) e Mestre em Ciência Animal nos Trópicos (2013) pela Universidade Federal da Bahia. Participou da concepção, construção e aplicação de cursos de Formação de Multiplicadores em Educação Sanitária e Aprimoramento da Interação Homem-Animal-Ambiente, para educadores de escolas públicas, com abrangência local (Salvador, BA) e nacional (Brasil), modalidade EAD/Moodle/UFBA. Vem habilitando-se na interface Educacão / Saúde, principalmente na modalidade online, para democratizar o saber. Vê a Educação como instrumento maior para promover a equidade, o desenvolvimento integral, a ampliação da consciência e a liberdade a todas as populações, particularmente de locais remotos, sob a ótica da Saúde Única.

Interação Homem-Animal-Ambiente e Zoonoses: Educação Online para a Formação de Educadores como Ferramenta para a Promoção da Saúde Coletiva.

La Dra. Patricia Jannet García é decana da Faculdade de Saúde Pública e Administração da Universidad Peruana Cayetano Heredia em Lima, Peru. Atualmente é integrante do comitê consultivo de peritos do Departamento de Saúde Reprodutiva e presidente do comitê de peritos internacionais para vacinas contra o virus do papiloma human (HPV) da Organização Mundial de Saúde (OMS) em Genebra, Suíça. Foi chefe do Instituto Nacional de Saúde do Peru (de 2006 a 2009), tornando-se a primeira mulher a ocupar esse cargo na instituição em seus 80 anos de história. Atualmente está trabalhando ativamente em projetos de pesquisa nas áreas de doenças sexualmente transmissíveis, saúde global, informática médica, vírus do papiloma humano (HPV).

Submissão do projeto:  WawaRed “Conectando-se para uma melhor saúde materna e infantil no Peru.”

Pedro Galván Sosa é coordenador  paraguaio na Subcomissão de Avaliação e Uso de Tecnologia em Serviços de Saúde do Mercosul, assessor biomédico do departamento de dispositivos médicos do Ministério de Saúde Pública e Bem-Estar Social (MSPBS) e representante do Paraguai no Senior Experten Service (SES) na Alemanha. Pedro tem colaborado em publicações da Organização Pan-Americana de Saúde (OPS/OMS), o Instituto de Pesquisas em Ciências da Saúde da Universidad del País Vasco entre outros. Pedro é graduado em Engenharia Biomédica, e especialista em Transferência e Competência Tecnológica e Competencia, especialista em Metodologia de Pesquisa e Recursos e em Gestão de Recursos Tecnológicos em Saúde. Atualmente Pedro é doutorando na Faculdade de Medicina e Odontologia da Universidad del País Vasco em Bilbao, Espanha.

Submissão do projeto: Sistema BONIS: Sistema de Vigilância Comunitária no Paraguai baseado nas TICs.

Profa. Ana Valéria Machado Mendonça. Professora adjunta do Departamento de Saúde Coletiva, da Universidade de Brasília (UnB). Possui doutorado em Ciência da Informação pela UnB, mestrado em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, especialização em Administração da Comunicação Empresarial e graduação em Jornalismo e Relações Públicas. Atualmente é coordenadora do Centro de Tecnologias Educacionais Interativas em Saúde, da Faculdade de Ciências da Saúde (CENTEIAS/FS) e pesquisadora do Núcleo de Estudos em Saúde Pública da UnB (NESP/CEAM/UnB), onde coordena a Unidade de Tecnologias da Informação e Comunicação em Saúde. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Informação em Comunicação em Saúde Coletiva (CNPq-Brasil). Foi consultora em projetos de inclusão digital para o Ministério das Comunicações. Tem experiência nas áreas das Ciências da Informação e da Comunicação com ênfase em Comunicação da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: informação e comunicação em saude, tecnologias da informação e comunicação em saúde, inclusão digital, alfabetização em informação e em comunicação, redes sociais e ensino a distância.

Submissão do projeto: Projeto rádio web: uma estratégia de comunicação em saúde para a inclusão social.

Ricardo Rodrigues Teixeira. Médico especialista em Saúde Coletiva, com ênfase em Atenção Primária à Saúde. Também possui especialização em Comunicação (ECA/USP) e formação em Antropologia Visual (Association Varan, Paris). Atua principalmente nos seguintes temas: medicina, filosofia, antropologia, política, trabalho em saúde, organização dos processos de trabalho em saúde, tecnologias, comunicação e educação em saúde, tecnologias relacionais, trabalho imaterial, acolhimento, redes de conversação, inteligência coletiva. Vínculos atuais: Professor Doutor do Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e consultor da Política Nacional de Humanização do Ministério da Saúde, coordenando a Rede HumanizaSUS, desde sua criação (fevereiro de 2008). 

Submissão do projeto: Rede HumanizaSUS: uma rede colaborativa e social para a humanização da atenção e a garantia do acesso universal e igualitário ao Sistema Único de Saúde brasileiro.

Lídice Alvarez Miño nasceu em Bogotá, Colômbia. É terapeuta ocupacional e mestre em Saúde Pública pela Universidad Nacional. Há 7 anos vive na cidade de Santa Marta (Colômbia) onde trabalha como professora de estatística e epidemiologia nos cursos de Medicina, Enfermagem e Psicologia da Universidad del Magdalena, Colômbia. 

Submissão do projeto: Objeto Virtual: A mudança climática e seu efeito sobre a saúde pública e as doenças infecciosas.

Alexander Salazar Ceballos nasceu em Medellín, Colômbia. É bacteriologista e laboratorista, mestre em Biologia e especialista em Parasitologia Humana pela Universidad de Antioquia. Há 6 anos vive na cidade de Santa Marta (Colômbia) onde trabalha  como professor de microbiologia no curso de Medicina da Universidad del Magdalena.

Submissão do projeto: Objeto Virtual: A mudança climática e seu efeito sobre a saúde pública e as doenças infecciosas.